Pular para o conteúdo
5 de dezembro de 2022 / carlostrapp

PNA – Povos ou pastores não alcançados

Geralmente olhamos para essa sigla PNA que faz referência a Povos Não Alcançados. Existem pelo menos sete mil povos que não tem acesso ao evangelho. No mundo inteiro onde existem oito bilhões de pessoas, existem sete mil ETNIAS, mais de três bilhões de pessoas que não tem acesso ao evangelho.
Dentro do Brasil, inclusive, como os oito grupos minoritários: os surdos, ciganos, sertanejos, quilombolas, indígenas, ribeirinhos, os mais ricos e os mais pobres. Na mesma proporção acontece fora do Brasil e vou dar um exemplo para facilitar o entendimento. Imagina que o nosso amigo Mustafá, vindo do Irã ao Brasil para fechar negócios, decide conhecer essa história de Deus. Que opções nosso amigo Mustafá tem para ouvir e saber sobre Deus? Bem, ele pode ir até uma igreja, ler uma Bíblia, ler um livro ou folheto, conversar com um pastor, missionário, crente, ele tem acesso variado ao evangelho. Mas nosso amigo Mustafá volta para o Irã e deseja continuar ouvindo e conhecendo mais sobre Deus.
Como ele faz? Ele vai a uma igreja? Não por que não tem. Compra uma Bíblia? Não é permitido a entrada de Bíblias no Irá. Procura um pastor, missionário ou crente? A população no Irã é de 99.96% de muçulmanos. Apenas estrangeiro tem a liberdade de professar uma religião diferente, desde que não interfira no dia a dia do povo local. Ou seja, nosso amigo Mustafá, não tem dentro do Irã acesso ao evange-lho da maneira como estamos acostumados a ver.
Faz sentido para você o que significa sete mil povos (etnias) no mundo que não tem acesso ao evangelho? E é papel da igreja de Cristo levar esse evangelho que salva, transforma e leva esperança a todos os povos, etnias e nações, inclusive a essas sete mil etnias ainda não alcançadas.
Leia com atenção o que a bíblia diz: “Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos” (Ap 7.9). Essa é a cena revelada por Deus a João do que vai acontecer, essa é uma promessa de Deus!
Veja agora um segundo texto bíblico: “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16.18). Outra promessa de Deus para nossas vidas! É Jesus falando que quando a igreja de Cristo marcha, o inferno não pode deter o avanço da igreja de Cristo – aleluia por isso!
Agora, quem é a pessoa que Cristo levantou para liderar a igreja Dele? Nós, os pastores. A missão é de Deus, a obra é de Deus, e Ele tem um propósito para que a Igreja Dele exista e influencie – proclamar a Sua glória a todos os povos.
Tenho aprendido que uma igreja que não realiza e não obedece a Jesus, não tem direito de ser chamada de igreja. É como uma padaria que não vende pão ou uma sorveteria que não oferece sorvete. Toda igreja precisa obedecer a ordem de Jesus de ir e fazer discípulos de todas as nações.
Bill Haybels diz: “Todos perdem quando uma visão da igreja fica imprecisa. Todos pagam pela falta de coragem do líder.” (Liderança Corajosa, Pg 41). O mesmo altor também diz que: “A igreja é a esperança do mundo” (pg 16).
Eu acredito que há pastores que não tem o conhecimento dos desafios missio-nários existentes em nossos dias, mesmo diante de tantas oportunidades. Como por exemplo o fato de nós não termos ido até a Venezuela, Deus permitiu que os venezuelanos pudessem vir até nós. Da mesma forma os haitianos e agora os afegãos. A oportunidade está a nossa porta e o que iremos fazer vai determinar o futuro desses imigrantes com ou sem Cristo!
Bob Sorge diz o seguinte em seu livro Segredos do lugar secreto: “As coisas não mudam quando eu falo com Deus; as coisas mudam quando Deus fala comigo. Quando eu falo, nada acontece; quando Deus fala, o universo passa a existir” (pg 20). Esteja sensível a voz do mestre!
Outra coisa importante para o pastor é que ele não deve se isolar. Deus sempre coloca pessoas com o mesmo coração para caminharmos juntos e irmos muito mais longe. Certamente na sua cidade, você pastor, irá encontrar outros pastores que querem fazer diferença, mas se acham pequenos demais. Una forças com ele e tracem uma rota para alcançar um desses povos não alcançados. Una forças com organizações que tem gente e treinamento para ajudar a sua igreja a ficar preparada a viver experiências novas e abençoadas. Leve a sua igreja a orar mais a Deus e pedir oportunidades de servir a comunidade e abençoar pessoas. Convide irmãos da igreja com bom testemunho para liderar e caminhar em missões.
Wayne Cordeiro me ensinou em seu livro Andando de tanque vazio, o seguinte: “Qualquer pessoa pode fazer 85% do que fazemos: verificar e-mails, responder a mensagens, participar de reuniões, ler jornais e tomar- decisões simples. Alguém com pouco treinamento pode realizar 10% de tudo o que fazemos. Contudo, há 5% do que eu faço que só eu posso fazer! São os 5% mais importantes para mim” (pg 71 e 72). Não tenha medo de levantar pessoas que cami-nham com você e comparti-lham da mesma visão.
Peça a Deus que Ele vai levantar pessoas (Lc 10.2). E dizia-lhes: “Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara.” É outra promessa de Jesus para mim e para você.
Eu coloquei meu celular para despertar todos os dias as dez horas e dois minutos para me ajudar a lembrar a pedir para Deus por mais pessoas para me ajudar a realizar a missão que é Dele e tenho vivenciado isso com muita alegria. Por fim e não menos importante: Pastor, não tenha medo de investir recursos financeiros na obra missionária. Deus está mais interessado na obra do que eu e você!
Deus chama, Deus sustenta. “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.” (2 Co 9.6). Creia, meu amado pastor, que Deus não perdeu o controle de nada, Ele continua soberano em todo o universo.
Qual vai ser a sua atitude diante de tudo isso? Agora que você sabe que existem sete mil etnias sem acesso ao evangelho. Ouça a Deus; compartilhe com a sua liderança e com a sua igreja; divida tarefas e treine novas pessoas para ir mais longe; una forças com outros que desejam como você obedecer ao mestre Jesus; e creia que Deus que te colocou onde você está vai te guiar a impactar a sua geração, a sua comunidade e a vida de muita gente!

Pr. Djalma Albuquerque

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: