Pular para o conteúdo
8 de junho de 2020 / carlostrapp

Minha luta com uma emissora de TV

Quando vão falar aos telespectadores como podem aumentar a imunidade? Quando vão falar que tomar sol e se movimentar faz bem à saúde?
Será que não estão vendo os exageros que cometem, pois além das máscaras ainda querem o distanciamento. Só a máscara basta nos ônibus. Também mais gente pode ficar em pé.
Querem tratar o povo de um modo ditatorial, interferindo na vida das pessoas, de modo indevido. Isso vocês deveriam denunciar em vez de fomentar.
Da parte de vocês também há preocupação desproporcional entre a economia e o vírus da China. A economia parece que não interessa, ou interessa bem pouco.
É bom que agora estão falando sobre as pessoas que foram curadas. Mas não dizem como isso aconteceu, que remédio tomaram, ou se não tomaram nem um remédio.
Que coisa triste não deixarem as pessoas terem seu lazer saudável neste final de semana na Lagoa Itatiaia, nos Altos da Afonso Pena e no Mirante do Aeroporto!
Ficou esquisito o uso de máscaras pelos repórteres e pelos entrevistados. Vocês são mestres do exagero, pois é necessário apenas uma coisa: máscara ou distanciamento; não é máscara e distanciamento.
Por favor, não me causem constrangimento!
O uso de máscaras por parte dos repórteres ficou ruim, pois até dificulta a audição. Não sei porque esse exagero.
Com o uso de máscaras inspiramos boa parte do gás carbônico que expiramos. Devemos respirar ar puro e com máscara isso não acontece.
Máscara somente em caso de aglomerações. E assim que sair da aglomeração, tire a máscara.
Querem saúde? Então, precisam falar sobre isso.
Pessoas ficam deprimidas, enfim, ficam doentes por causa de falta de sol, de mobilidade, de sociabilidade.
Estultícia mata!
Insisto em que repórteres e entrevistados não usem máscara, pois é um exagero, enfim, algo nocivo, pois a observação da distância é suficiente.
(nome), você acabou de contar uma mentira dizendo que vocês “ouvem os dois lados”. Repito que é mentira.
As provas estão aí porque não disseram nada sobre o lado nocivo das máscaras, que a gente deve tomar sol, se movimentar, fazer caminhadas, e não ficar só em casa.
Vejam o que sempre estamos falando: é uma falácia essa questão do confinamento. Vejam o que o prefeito de NY diz.
A máscara também é nociva à saúde e deve ser usada somente quando estritamente necessário, pois você respira seu próprio ar que seu corpo descartou, cheio de gás carbônico. Não é possível que a pessoa seja tão estulta e não veja isso!
Você sabe que nem todo cientista pensa como você propala, de ficar somente em casa.
Outra, você já pensou nos milhões de informais que precisam sair de casa para buscar o pão cotidiano?
Vocês simplesmente são terríveis. E duvido que façam o que o (nome) falou ontem de que “ouvem os dois lados”.
Vocês até agora não falaram sobre como aumentar a imunidade. Por que?
Deixa a gente aborrecido, (nome) com as críticas que você faz ao governo Bolsonaro com a “enrolação”. Ora, ele deve agir com responsabilidade, dar o passo conforme a perna.
E nenhum elogio à vinda do recurso. Ingratidão! Jornalismo reprovável!
Felizmente já vi muita condenação moral em relação à conduta de vocês.
Vocês tem consciência de que a máscara faz mal e que deve ser usada somente quando estritamente necessário, pois com a máscara se inala ar quente, carregado de gás carbônico, que é nocivo à saúde.
As consequências vamos colocar na conta de vocês.
Essas políticas restritivas só vão protelar a saída da pandemia, agravando, em muito, o problema econômico.
Ficou ruim dos repórteres com máscara. Que motivo teria o (nome) para usar máscara, lá no interior, em campo aberto? Será que vocês não veem que é algo totalmente desnecessário?
Não tem ninguém em volta da (nome) e por que, então, usar máscara, que dificulta até a audição?
Máscara faz você inalar gás carbônico. Então, máscara somente em aglomerações. No mais, respira-se ar puro.
Sensatez sempre!
Tomar sol é algo essencial Fazer caminhadas, também. Sou diabético e preciso me movimentar.
Outra, as atividades das igrejas foi decidido que seriam vistos como serviços essenciais. Fica-se com a impressão de que estamos num país socialista.
Onde fica o direito de ir e vir, pois é possível ter uma vida normal com os devidos cuidados.
E os milhares de informais que precisam sair de casa diariamente para ganhar o pão cotidiano.
É só isolar as funcionárias e deixar o frigorífico atuando. Cada estultícia! Por isso o Brasil, com toda riqueza que tem, é tão pobre.
“Sair do sedentarismo em casa”. Pode? E tomar sol?
Essa política do fique em casa vai trazer danos muito graves como depressão, irritação, tédio e até suicídios, sem falar da miséria.
Gripe? O que eu faço? Eu me cuido e não tomo vacina, que pode ter reações violentas. Resultado: não pego gripe, nem os efeitos colaterais que a vacina pode gerar, nem dou despesas para o po-der público.
Ações no condomínio devem ser tomadas em Assembleia, e não, apenas no Conselho. Estamos virando uma ditadura?
Aos domingos tem que ficar em casa? Ora, os cultos foram declarados serviços essenciais. E como fica isso? São coisas conflitantes. É uma perseguição velada. Estamos de olho!
Será que vocês pensam nos milhares de informais quando dizem fique em casa, sendo que estes tem que sair de casa para ganhar o pão cotidiano? E não digam que os R$ 600,00 são suficientes.
Repito que vocês poderiam combater o fumo, pois afeta o pulmão, que torna a pessoa mais vulnerável quanto ao vírus da China. Também poderiam trazer informações de como aumentar a imunidade.

Carlos Trapp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: