Pular para o conteúdo
6 de maio de 2020 / carlostrapp

O que é possível fazer para aumentar a imunidade?

A pandemia do Covid-19 (coronavírus) despertou a atenção das pessoas para um cuidado essencial em relação à saúde: a manutenção da imunidade em níveis elevados, de modo a fornecer uma proteção adequada contra os agentes nocivos que podem causar doenças

O sistema imunológico é um conjunto de estruturas responsáveis por garantir a defesa e por manter o corpo funcionando livre de doenças.
Compreende todos os mecanismos pelos quais nosso organismo se defende de invasores como bactérias, vírus e parasitas.
O sistema imunológico também é responsável pela limpeza do organismo, ou seja, a retirada de células mortas, a renovação de determinadas estruturas, rejeição de enxertos, além de memória imunológica. Também é ativo contra células alteradas que diaria-mente surgem no nosso corpo como resultado de mitoses anormais: essas células, se não forem destruídas, podem dar origem a tumores.
Para reforçar a imunidade é preciso alguns cuidados, a serem cultivados diariamente, como:

Alimentar-se bem: A melhor forma de reforçar o sistema imunológico do nosso organismo é através de uma alimentação correta e saudável.

Praticar exercício físicos: Os exercícios físicos devem ser feitos pelo menos três vezes por semana, por um tempo médio de 30 a 40 minutos.

Higiene das mãos: Man-ter as mãos sempre adequada-mente limpas e evitar colocá-las na boca.

Higiene bucal: Cultivar hábitos de higiene bucal, como escovar os dentes após as refeições e usar sempre fio dental.

Ambiente salubre: Manter os ambientes sempre limpos, arejados e, especialmente, banhados de sol.

Alimentos que contribuem para a melhoria dos níveis de imunidade:

A receita básica é: alimente-se sempre com um prato de comida bem equilibrado com va- riedade de itens. Dê preferência a alimentos frescos e naturais, que são ricos em vitaminas, minerais e outras substâncias que auxiliam na manutenção do sistema imunológico.

Alguns exemplos:

Alho e cebola: Excelentes para o sistema imunológico.
Contêm substâncias que estimulam enzimas e inibem o crescimento bacteriano.

Tomate: Rico em licopeno, o tomate é forte aliado para combater doenças cardiovasculares, removendo radicais livres do organismo.

Cenoura e brócolis: Ambos são ricos em vitamina A. A deficiência dessa vitamina provoca uma redução no número de linfócitos, aumentando a probabilidade de infec-ções bacterianas, virais ou parasitárias.

Laranja, manga, morango e pimentão: Ricos em vitamina C, aumentam a produção de leucócitos, células de defesa que estimulam a resistência.

Castanha do Pará, amêndoas, nozes, e as folhas verdes: Contêm selênio, vitaminas e atuam como antioxidantes. Protegem as membranas celulares contra substâncias tóxicas, radiação e os temíveis radicais livres, que são liberados nas reações químicas naturais do organismo.

Carne, leite, peixes, aves, feijão e cereais integrais: Como esses alimentos contêm zinco e selênio, a deficiência pode causar diversas doenças imunológicas.

Ômega 3 (azeite e salmão): Auxilia as artérias a permanecerem longe de inflamações, ajudando a imunidade do corpo.

Chocolate meio amargo e linhaça: Contêm antioxidantes e propriedades que defendem o organismo.

Jornal Novas, março/2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: