Pular para o conteúdo
10 de novembro de 2019 / carlostrapp

Somos bons cidadãos?

Vamos ver a nossa relação com o governo, o poder público.
Quando nascemos, os pais precisam fazer o registro de nascimento, onde consta o nome, o nome dos pais, o sexo, a data de nascimento.
Após, podemos fazer o nosso Cadastro de Pessoa Física (CPF). Também nossa Carteira de Identidade.
Aos 16 anos de idade, já podemos fazer o nosso Título de Eleitor.
Aos 18 anos, temos compromisso com as Forças Armadas e precisamos nos alistar, devendo ou não, servir o Exército, a Marinha ou a Aeronáutica, podendo servir durante um ano ou mais, abraçando a carreira militar.
Quando casamos, devemos registrar isso no Cartório para obter a Certidão de Casamento. Isso pode ser feito mediante o casamento na igreja, com efeito civil, ou no Cartório.
Quando morremos, alguém precisa registrar o óbito, no Cartório.
Durante a vida, quando adquirimos determinados bens, precisamos registrá-los. Também solicitar nota fiscal das nossas aquisições.
O trabalhador precisa ter sua Carteira de Trabalho, onde são registradas as atividades e a remuneração.
A pessoa de bem, ao adquirir uma arma, deve preencher certos requisitos, e depois registrá-la. Ela também pode procurar obter o porte da arma.
Para viajar, precisamos de Passaporte, dependendo do país para o qual nos dirigimos.
Para as nossas transações comerciais, precisamos de dinheiro, que devemos ganhar mediante trabalho, isso mediante cédulas que são emitidas pela Casa da Moeda, lembrando que hoje muitos negócios são realizados mediante cartões de débito/crédito.
O governo também pede de nós o pagamento de impostos e taxas, incluindo valores referentes a nossa aposentadoria.
Agora, vamos ver um pouco a atuação do governo.
Ele dá a concessão pública de cartórios onde podem ser feitos os registros dos quais falei.
Ele tem diversos Ministérios, através dos quais tem grande atuação na sociedade, como na saúde, segurança, transportes, educação, previdência, relações internacionais, agricultura, infraestrutura, meio ambiente, entre outros.
Lembro que o nosso governo é presidencialista e dividido em Três Poderes: Judiciário, Executivo e Legislativo. Possui 27 estados, onde atuam os mesmos poderes.
O Legislativo elabora as leis, que regula a vida em sociedade, isso tanto na área Federal, como na Estadual e Municipal.
Os Deputados Federais Constituintes elaboraram nossa Constituição Federal, em 1988, que já sofreu diversas emendas. Hoje, os Deputados Federais e Senadores elaboram leis e as aprovam, que podem ser sancionadas ou vetadas pelo Presidente.
Estou colocando essas informações aqui para vermos o tamanho do Estado e a nossa relação como o mesmo e para que saibamos da sua importância.
Com frequência tenho falado de que Deus criou três instituições: a família, a igreja e o estado. Se negligenciarmos uma delas, vamos andar como que mancando.
Como estamos tratando do governo e de como devemos nos portar em relação ao mesmo, primeiro, quero destacar que costumo dizer que a vida em sociedade não é possível sem governo, e que por isso precisamos participar da sua construção.
Falando em construção, no domingo passado, dia 06 de outubro, tivemos eleições para prefeito em um dos municípios do nosso estado, na qual destaco o índice de abstenção: cerca de 30%, demonstrando que um número razoável de pessoas não se interessou pela eleição, o que não é salutar, pois o eleitor omisso deixa outro escolher no lugar dele.
Destaco que em relação ao governo, devemos, principalmente, nos preocupar com as eleições, pois o sucesso de um país, estado ou município, depende grandemente de quem nós escolhemos para nos governar.
Por isso, em primeiro lugar, precisamos nos munir do Título de Eleitor; depois, acompanhar o noticiário para saber o que está acontecendo.
Quanto à eleição, devemos assistir/ouvir as propagandas eleitorais, além de obter material impresso para ver o que os candidatos propõe, para podermos escolher adequadamente, além de orar pelas eleições e, depois, pelos eleitos, e acompanhar suas atividades e cobrar ações justas.
Acrescento aqui que já fui candidato a vereador duas vezes, mas nas ocasiões em que não fui candidato, sempre escolhi candidatos e os ajudei voluntariamente, pois entendo, como já disse, que a escolha adequada dos nossos políticos é de fundamental importância, pois não adianta falar mal de político, se não participamos da sua escolha.
Falei acima do percentual de abstenções de uma eleição municipal, mas além do problema da abstenção, preciso citar outros, como o voto em branco e o nulo, que também deixam os outros escolherem os governantes. Alguém já disse: “Quem não gosta de política, será governado por quem gosta”. Eu quero alguém no governo escolhido por mim, e não, pelos outros.
A pergunta do título do artigo, questiona se somos bons cidadãos (com isso, não estou esquecendo o nosso compromisso com a família e a igreja, mas apenas destacando a relação com o estado), e o que estou escrevendo é para nos ajudar a responder a pergunta.
Então, cada um deve verificar se está sendo um bom cidadão, que tem seus documentos, que paga impostos, que cobra ações justas dos governantes, que procura se informar das ações públicas, que se porta adequadamente para não gerar dificuldades ao poder público, que é zeloso nas suas atividades, que intercede pelas autoridades.
Como podemos ver, o poder público tem grande importância em nossa vida. Acrescento que se o regime for totalitário, as pessoas, geralmente sofrem com isso, sendo mais um motivo para nossa preocupação com as eleições.
Falando em eleição, no ano que vem, se Deus quiser, vamos ter eleições para vereadores e prefeito, por isso, já devemos estar atentos como bons cidadãos.

Pr. Carlos Trapp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: