Pular para o conteúdo
22 de maio de 2015 / carlostrapp

Globo, Olarte e o povo

Eu estava com o jornal praticamente pronto, e já havia pensado em escrever sobre outro assunto, quando surgiu a questão da reportagem da Rede Globo de Televisão, a respeito do prefeito Gilmar Olarte.

Bem, a Globo já é bem conhecida, principalmente, com suas novelas, cheias de intrigas, enganos, safadezas, imoralidades, entre outros “valores”. Inclusive, ultimamente, com a novela Babilônia, a emissora levou uma enxurrada de críticas, principalmente, do segmento evangélico. Além disso, a Globo se distingue de outras emissoras (canais abertos) em não transmitir programas evangélicos.

Também destaco, sem emitir juízo sobre a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), que a Globo a acusou, em tempos idos, mostrando uma nota de cem dólares, entre dinheiro recolhido nas ofertas. Depois, se descobriu que era uma nota de “um dólar”, levando a emissora a reconhecer seu erro.

Ainda quanto a erros, também noticiaram que uma “irmã” do Valtemir de Brito estava envolvida em falhas na prefeitura. Depois, viram que nem sequer há algum grau de parentesco entre eles.

Há poucos dias, o Deputado Federal, Jair Bolsonaro, esteve em Campo Grande, para receber uma homenagem da Polícia Militar de nosso Estado. Um grupo de gays foi lá protestar. Porém, um dos manifestantes levou um cartaz onde se lia, num linguajar chulo e ofensivo, que o órgão de excreção (no aumentativo) do Bolsonaro estava doente. A filial local (TV Morena) entrevistou alguém do grupo e “não viu” a ofensa. Além disso, no site borrou o cartaz ofensivo, mas não reprovou a atitude, demonstrando sua parcialidade.

Sabendo da fonte das denúncias contra o prefeito Gilmar Olarte, já podemos ficar com o “pé atrás”.

Agora, vamos ao prefeito Gilmar Olarte.

Como as questões estão sendo investigadas, não devo emitir qualquer juízo, mas dizer que tanto a imprensa, legisladores, executivos, magistrados, enfim, o povo em geral devem agir corretamente.

Sei que a administração municipal enfrenta diversos problemas, entre os quais a falta de recursos, conforme veiculam.

Também os vereadores Alex do PT, Luiza Ribeiro (PPS) e Thais Helena (PT) protoco-laram no dia 19 de maio, na Câmara Municipal, o pedido de abertura de Comissão Pro-cessante contra o prefeito Gilmar Olarte. Fato que foi qualificado, por alguns, como afoito, pelo motivo de estar em andamento a CPI das Contas Públicas.

Quanto à CPI, entendo que os vereadores estão certos, pois estão exercendo o seu papel, que é de fiscalizar.

E o povo nessa questão toda?

Primeiro, tenho que dizer que nós não devemos ser ingênuos e acreditar logo em tudo que nos dizem, pois temos que ver se a fonte é confiável, se é feito pela situação ou oposição, quais motivos estão por trás das veiculações (não estou me referindo apenas ao fato em foco). Enfim, nós precisamos ser como os cristãos bereanos que examinavam as questões para ver se “de fato eram assim”, ou seja, se procediam, se eram verdadeiras (At 17.10-12). Aliás, sermos criteriosos também é um virtude exaltada pela Bíblia, pois ela exorta os jovens, mas que vale para todos (Tt 2.6).

E eu preciso destacar que nós, povo, devemos ser criteriosos, dizendo que, numa eleição passada, muitos deputados federais evangélicos não foram eleitos porque foi veiculado maciçamente a questão das ambulâncias, denominada Operação Sanguessuga, onde políticos evangélicos foram acusados de estarem envolvidos. E isso ocorreu próximo às eleições, não dando tempo para um acurado exame dos fatos, que não eram bem assim conforme foram apresentados, mas o prejuízo ficou, pelo fato de muitos cristãos terem acreditado no que foi apresentado. Inclusive, muita gente que não tinha nem um envolvimento foi prejudicado, pelo simples fato de ser evangélico.

Nós, povo, também precisamos participar mais da vida pública, nos interessar pelo que acontece nos três poderes (Judiciário, Legislativo e Executivo). Veja a eleição do Ministro Fachin, recentemente. Ele nega, mas é alguém aparelhado com o governo federal. Sei que boa parte do povo protestou, mas ainda não foi suficiente.

Temos que rever também o nosso sistema de governo, e isso também pode partir do povo. Sugiro o Parlamentarismo, pois é um sistema mais exigente. Assim a Dilma já teria dificuldades de ficar no poder, com 78% de rejeição popular. No sistema Presidencialista é muito difícil tirar um mau governante do poder.

Nós, povo, também precisamos nos interessar mais pelas eleições, estando sempre aptos para votar, não deixar de votar, como muitos fizeram nas últimas eleições, fato que demonstra desinteresse pelas questões públicas, não se importando com o que vem pela frente.

E aqui quero conclamar nossas lideranças cristãs para que já orientem seus membros a respeito das eleições do ano que vem, com vistas a gerar um vivo interesse quanto ao fato. Acrescento que os pastores devem apoiar membros com vocação política.

E todos precisam orar pelas autoridades. E se Deus quer que oremos, significa que Ele tem interesse pelo bom andamento das questões públicas.

Pr. Carlos Trapp

Nota: Editorial do Jornal Cidadão Evangélico de maio de 2015.

One Comment

Deixe um comentário
  1. Luz / jan 6 2016 18:05

    É bom nos lembrarmos que em Salmos 144:15, a Bíblia diz: “Bem-aventurado é o povo cujo Deus é o Senhor” e não “Bem-aventurado é o povo cujos governantes são evangélicos!”

    Por fim, não nos esqueçamos que: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.” [Tiago 1:27].
    Somos chamados por Deus para anunciar o evangelho e não para participar do sistema político corrupto deste mundo. A Bíblia diz: “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” [Tiago 4:4].

    não vejo qualquer base para participar do sistema corrupto deste mundo, que jaz no maligno, pois: “Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.” [1 João 5:19].

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: